Saltar para o conteúdo

O refluxo tem várias causas possíveis que incluem exercício físico, causas alimentares como alimentos picantes, e condições físicas como a gravidez – quando o bebé está em crescimento pode colocar pressão no estômago. 

Podíamos pensar que o exercício só poderia ter um efeito positivo no corpo, pelo que neste artigo vamos analisar os efeitos físicos do exercício no refluxo, bem como os efeitos do refluxo no exercício. 

A relação entre o refluxo e o exercício 

Embora o exercício possa ajudar, pode ter sofrido de azia como resultado do exercício. Atividades como exercícios de corrida, salto ou flexão podem causar agitação no seu corpo, ou colocá-lo numa posição que torna o refluxo ácido mais fácil de ocorrer. Outras atividades, como jogar futebol ou jogar à apanhada com os seus filhos também podem ter o mesmo resultado. Se acredita que o seu refluxo pode estar relacionado com os seus níveis de exercício, mas se sentir incapaz de melhorar a sua forma física por causa do refluxo, pode parecer uma situação impossível. 

Como a aptidão física pode afetar o refluxo 

Carregar alguns quilos extra à volta do abdómen pode colocar pressão extra no seu estômago e potencialmente fazer com que o ácido do estômago suba até ao esófago. Também pode colocar pressão no músculo entre o estômago e o esófago, o que pode torná-lo menos eficiente para manter o ácido do estômago no lugar. Assim, considerar uma rotina de exercício regular moderado, pode ajudar a manter o seu peso baixo, o que pode resultar em menos azia. 

Abordar o problema do exercício versus refluxo 

Em primeiro lugar, verifique quando ocorrem os sintomas do refluxo. É porque faz exercício logo após uma refeição? Se sim, então: 

  • Tente descansar depois de comer. Sente-se direito depois, ou considere dar um pequeno passeio. 
  • Se planeou uma ida ao ginásio ou outra forma de exercício físico, tente fazê-lo duas a três horas ou mais depois de comer. 
  • Tente evitar alimentos que possam desencadear o refluxo, como alimentos picantes ou gordurosos. Se sabe que vai ficar fisicamente ativo algum tempo depois de comer, coma uma refeição leve como massa ou salada. 

Reexaminar o tipo de exercício que tem vindo a fazer: 

  • Tente evitar exercícios de alto impacto e escolha caminhar, andar de bicicleta ou uma atividade social como danças de salão. 
  • Exercícios de respiração poderão ajudar a reduzir os sintomas. 
  • Pilates e aulas de yoga podem oferecer uma forma de exercício mais suave e menos chocante, e oferecer instrução de respiração também. 
  • Se utilizar o ginásio, escolha o equipamento que precisa de ser utilizado enquanto você está na vertical, em vez de necessitar de movimentos de flexão. 

Tomar medidas contra os sintomas do refluxo 

Se continuar a sentir sintomas enquanto tenta entrar num novo regime de exercício, considere Gaviscon Original. Gaviscon não só neutraliza o ácido do estômago, como também forma uma barreira física ao ácido - uma camada que flutua sobre o conteúdo do estômago, impedindo o refluxo ácido para o esófago. Esta barreira protetora proporciona um alívio duradouro. 

Se alguma vez tiver dúvidas sobre a dor que pode sentir durante ou após o exercício, peça sempre aconselhamento médico profissional. Embora possa levar algum tempo para escolher o exercício certo para si, há muitas opções, por isso irá com certeza encontrar algo. E lembre-se, comece com pequenas mudanças positivas, dando tempo para descobrir o que funciona melhor. 

Toda a informação apresentada neste artigo não se destina a diagnosticar ou prescrever. Leia sempre o rótulo. Se os sintomas forem graves ou prolongados, deve consultar um médico ou farmacêutico. Fale sempre com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Artigo publicado January 1, 2021